5 tendências para a educação digital corporativa

Artigo

5 tendências para a educação digital corporativa

Artigo
5 tendências para a educação digital corporativa

Os anos de 2020 e 2021 foram atípicos e desafiadores. As consequências geradas pela pandemia não só provocaram uma nova realidade em todo o mundo, mas também trouxeram mudanças na educação corporativa. Com o processo de transformação digital acelerado, novas tendências ganharam força nas empresas. 

Afinal, líderes de T&D precisaram lidar com as incertezas desta nova fase. Com isso, diversas soluções e alternativas criativas foram utilizadas para suprir os gaps que estavam prejudicando o avanço dos treinamentos. 

Essas tendências obtiveram sucesso e são excelentes opções para continuar aplicando em 2022. Continue a leitura para descobrir quais são!

Os impactos da transformação digital

A transformação digital na educação corporativa e o seu avanço durante a pandemia exigiu que as equipes de T&D estejam atentas aos desafios do negócio e tenham respostas rápidas diante das mudanças.

Vale lembrar que essa nova realidade gerou uma disrupção digital, com diversos impactos nas formas tradicionais na qual os processos eram realizados. Muitas áreas da empresa precisaram ser adaptadas para o digital, o que colocou em destaque novos métodos dentro da educação corporativa, que abordaremos nos próximos tópicos!

5 tendências de educação corporativa 

Confira agora cinco tendências importantes de T&D para aplicar em 2022:

1. Microlearning

O Microlearning é um tipo de abordagem que utiliza pequenas parcelas de aprendizado em curta duração, sempre focando em transmitir uma única informação.

Essa tendência possibilita a entrega de conteúdos relevantes de forma objetiva, facilitando a compreensão do aluno e melhorando sua experiência de aprendizagem.

As aulas são preparadas com uma linguagem simples e com o uso de recursos multimídia, que colaboram com o aprendizado no meio da rotina acelerada dos profissionais. 

Saiba aqui como o GPA utilizou o microlearning em sua estratégia!

2. Blended learning

O blended learning (modelo híbrido) surgiu como uma forte solução em 2020 e ganhou mais evidência em 2021. Para o ano de 2022, a previsão é que essa tendência continue sendo utilizada. Afinal, ela proporciona muitas vantagens e já apresenta bons resultados nas organizações.

Esse formato de aprendizagem otimiza o ensino unindo a metodologia do ensino presencial com a do ensino à distância. O objetivo é melhorar o desenvolvimento dos colaboradores e maximizar a aprendizagem com o melhor de cada abordagem.

3. Webinars e Lives 

Fazer webinars e lives também é uma tendência que você pode implementar ainda esse ano. Não há dúvidas que essas ferramentas já se tornaram fundamentais em diversas áreas profissionais.

Com o aumento do home office e do ensino à distância, todas as estratégias para se aproximar dos colaboradores são válidas e podem trazer impactos positivos.

Tendências como essas não foram apenas soluções momentâneas, mas sim uma transformação na forma com que as empresas lidavam com os treinamentos e principalmente com os alunos.

Essas ferramentas são excelentes para desenvolver insights, compartilhar ideias e fazer conexões, seja dentro da própria equipe ou com outros convidados que podem ser chamados para compartilhar seus conhecimentos.

4. Personalização

É extremamente importante que os líderes de T&D entendam as necessidades dos colaboradores para trazer personalização aos processos de aprendizado e assertividade para a jornada de desenvolvimento do aluno.

Aplicar treinamentos personalizados gera resultados positivos na educação corporativa e eleva a porcentagem de adesão ao processo. É possível desenvolver um processo específico a cada colaborador, fazendo com que ele gaste menos tempo com conteúdos desnecessários e que não irão agregar nada em sua trajetória.

5. Flexibilidade

A flexibilidade nunca foi tão necessária quanto nesses dois últimos anos. Oferecer diversas opções de formatos na aprendizagem se tornou essencial para a fase de adaptação ao novo cenário.

No entanto, ter uma metodologia flexível também promete ficar em evidência nos próximos anos, pois visa o bem-estar do colaborador, e com isso, um melhor  aproveitamento no processo de aprendizagem e eficiência profissional.

Os colaboradores passam a ter mais opções para encaixar o aprendizado em sua rotina e suas novas necessidades, ou seja, o aluno consegue ter mais autonomia em definir sua própria trilha, escolhendo as próximas etapas do seu desenvolvimento.

Expectativas para 2022

As tendências de 2021 continuarão fortes em 2022, como já abordado nos tópicos anteriores. Contudo, elas prometem vir de forma ainda mais desenvolvida e otimizada, pois passaram por esse período de aplicação e testes, podendo agora ser aplicadas com base em dados e resultados mais assertivos.

Afinal, geraram ótimos resultados ao T&D e mostraram o potencial de uso até mesmo no cenário pós-pandêmico, pois já se tornaram essenciais no processo de aprendizado, principalmente o modelo híbrido.

Ele revelou ser um grande aliado para objetivos de negócios e fez com que as organizações aumentassem o engajamento e interação dos colaboradores, que dentro desse modelo se mostraram muito mais interessados na marca e em cooperar para os objetivos da empresa.

Além disso, as plataformas de aprendizagem foram e continuam sendo essenciais para que o T&D consiga prosseguir e colaborar com o avanço dos negócios.

Por isso, para 2022, as plataformas utilizadas devem ser eficientes e intuitivas para que o conteúdo continue sendo entregue com sucesso com todas as novas tendências aqui citadas. 

Vale ressaltar novamente que é importante que os líderes de T&D trabalhem para desenvolver novas competências que acompanhem as próximas transformações e exigências do mercado, possibilitando melhor adaptação às mudanças. 

Oferecer um processo de aprendizagem contínua aos colaboradores é o caminho para o sucesso!

Para descobrir mais tendências e entender como a sua estratégia de aprendizagem deve se preparar para o futuro, baixe nosso novo Relatório Global de Maturidade em Educação Digital.

Saiba mais