A nova realidade do Sistema Fiep | Série Ágeis e Resilientes

Dicas de T&D

A nova realidade do Sistema Fiep | Série Ágeis e Resilientes

Artigo
A nova realidade do Sistema Fiep | Série Ágeis e Resilientes

A área de T&D precisou responder rapidamente às mudanças trazidas pelo isolamento social, e será bastante impactada quando tudo voltar ao normal. Por isso, a CrossKnowledge lançou a série Ágeis e Resilientes, que conta histórias reais e inspiradoras de empresas que se transformaram para apoiar os seus colaboradores e a sociedade.

Nesta edição, conversamos com a Denise Sade, Coordenadora de Desenvolvimento Organizacional do Sistema Fiep, para entender como a área de T&D e a Universidade Corporativa da empresa se reorganizaram para responder às mudanças trazidas pela pandemia do novo coronavírus. Confira o bate-papo a seguir:

 

Confira também a nossa entrevista com a Claudia Sintoni, Coordenadora de Formação do Itaú Social.

A educação corporativa foi fundamental na nova realidade do Sistema Fiep

Assim como para a maioria das empresas, o isolamento social trouxe mudanças inesperadas para o Sistema Fiep. De um dia para o outro, literalmente, o trabalho remoto passou a fazer parte da rotina dos colaboradores. Neste momento, a empresa percebeu que eles já tinham as ferramentas necessárias para o teletrabalho – a missão seguinte era preparar as pessoas para usá-las da melhor maneira. É aí que a Universidade Corporativa Sistema Fiep, lançada em 2019, desempenhou um papel importante.

Preparando as equipes para performar neste novo cenário

Em poucas semanas, a empresa lançou um canal específico de teletrabalho, com conteúdos que prepararam os colaboradores para atuar remotamente. Dessa forma, eles atuaram para resolver o desafio mais urgente: garantir a continuidade das atividades do Sistema Fiep neste novo ambiente. Além disso, programas específicos foram lançados para os líderes (com foco na gestão remota de pessoas) e para os educadores (com foco na transição das aulas presenciais para as aulas virtuais).

Competências essenciais para a nova realidade do Sistema Fiep

Para o Sistema Fiep, a gestão de pessoas precisou ser bastante reforçada neste período de isolamento social. Segundo Denise, “o gestor é o elo entre a organização e o colaborador, e uma figura importante no dia-a-dia.”

Por isso, a área de Desenvolvimento Organizacional reuniu diversos conteúdos sobre empatia, transparência e escuta ativa, que puderam apoiar as lideranças da empresa para trabalhar de forma mais próxima das suas equipes, mesmo à distância.

O futuro do Sistema Fiep após a pandemia

Todas as ações que foram feitas nos últimos meses acabaram consolidando a Universidade Corporativa como uma grande aliada no desenvolvimento dos colaboradores. Com isso, a área de T&D está mais próxima das áreas de negócio e consegue apoiar melhor as necessidades de aprendizagem.

Um outro legado que fica para a equipe de Desenvolvimento Organizacional é a agilidade que eles conseguiram desenvolver nos processos de trabalho. Segundo Denise, neste período onde as prioridades eram tão dinâmicas, foi fundamental não perder o timing para garantir a relevância dos assuntos que estavam sendo trabalhados.

A conexão com as pessoas é essencial para a nova realidade do Sistema Fiep

Denise conclui a entrevista com um conselho: a conexão com as pessoas é mais importante do que nunca. É importante que a área de T&D consiga trazer oportunidades de desenvolvimento que casem a necessidade da empresa com a percepção de valor de cada indivíduo. A solução para isso está na simplicidade.

“É o simples que chega perto das pessoas.”
Denise Sade, Sistema Fiep

Saiba mais

Fique por dentro

Receba as notícias do nosso blog direto no seu email!