Blended Learning: como criar uma estratégia de ensino híbrido?

Artigo

Blended Learning: como criar uma estratégia de ensino híbrido?

Artigo
Blended Learning: como criar uma estratégia de ensino híbrido?

O Blended Learning é uma modalidade de aprendizagem que tem como principal característica a mescla entre aspectos do ensino presencial e a distância, buscando aprimorar o desenvolvimento das competências dos colaboradores.

Essa tendência de T&D ganhou destaque durante a pandemia e, apesar de já existir antes da Covid-19, se tornou uma solução plausível para a educação corporativa com o aumento do trabalho híbrido. 

Continue acompanhando a leitura e descubra como criar uma estratégia de ensino híbrido com qualidade!

O que é Blended Learning?

O blended learning, conhecido também como ensino híbrido, é uma metodologia de aprendizagem que busca aperfeiçoar o desempenho dos colaboradores, tanto na modalidade presencial como no ensino à distância, equilibrando os métodos tradicionais pedagógicos com o mais recente EAD.

Com essa ferramenta de capacitação, o aluno consegue absorver o melhor das duas frentes de ensino, onde deve ter o apoio do T&D e interação com seus colegas de equipe no ambiente de trabalho e todo o reforço dos materiais digitais no ambiente de aprendizagem virtual.

A junção das abordagens oferece grandes oportunidades de desenvolvimento para os colaboradores e de crescimento para as empresas, tornando os treinamentos mais eficazes, além de reduzir os custos ao inserir atividades virtuais. Afinal, uma única aula gravada pode ser acessada por diversas pessoas, em qualquer horário. Além disso, os alunos ainda podem personalizar sua jornada de aprendizado na plataforma.

Essa forma de treinamento pode ser aplicada de duas formas, síncrona e assíncrona, o que irá depender dos objetivos que a empresa deseja alcançar com esse método:

Modo síncrono

O modo síncrono é um formato de aplicação em que todos recebem o treinamento de forma simultânea, como em webinars, salas de aula e fóruns de debates. Ele gera maior interação e troca de informações em grupo, além de ser uma ótima forma de treinar equipes que possuem algum setor ou função em comum.

Esse modo pode ser aplicado em ambiente virtual ou presencial, contando sempre com o acompanhamento de um instrutor ou líder de treinamento.

Essa estratégia é utilizada para atingir alguns objetivos da organização, como:

  • Construção de cultura;
  • Solucionar problemas;
  • Melhorar o trabalho em equipe;
  • Elevar o nível das competências do grupo.
  • Aumento da interação entre os colaboradores.

Modo assíncrono

O modo assíncrono é um formato de aplicação onde os colaboradores recebem autonomia para personalizar seu plano de estudos, podendo acessar as aulas quando quiserem.

Esse modo garante uma maior flexibilidade ao aluno, além de possibilitar que eles tenham mais tempo para pensar em possíveis dúvidas, estudando com menos pressão e mais liberdade.

A aplicação do modo assíncrono é a opção ideal para empresa quando:

  • Deseja oferecerum treinamento mais  flexível;
  • Quer que a prática seja a chave do aprendizado;
  • Os colaboradores estão distantes geograficamente;
  • Necessita de um deselvolver competências de forma rápida e em escala.

Como definir qual etapa do treinamento será em tempo real ou à distância?

Para definir qual formato é o ideal para cada etapa do seu treinamento, é necessário seguir algumas recomendações.

O treinamento presencial é fundamental para aplicar atividades que promovam a interação do grupo, como debates e aulas práticas com simulações do ambiente de trabalho. Além de treinamentos para o uso de máquinas específicas, onde é essencial uma capacitação presencial.

Outro ponto importante é que o aprendizado deve ser aplicado de forma bilateral, dando voz aos colaboradores para que haja maior interação e engajamento nas aulas. Essa é uma forma de motivar a troca de informações e conhecimento entre o grupo.

Já o treinamento à distância é uma forma de dar autonomia ao aluno, onde o ritmo de aprendizagem dependerá da escolha do colaborador, guiadas por suas necessidades. Esse também é um meio de analisar quem se destaca no desenvolvimento pessoal e de suas competências, pois o T&D tem o controle de quem demonstra mais interesse e possui um maior engajamento com os objetivos da empresa.

Os benefícios do Blended Learning

A aplicação do Blended Learning traz um aprendizado contínuo, onde o colaborador consegue misturar o aprendizado com a sua rotina normal, tornando os treinamentos e atividades menos cansativos e sua evolução mais natural e eficaz. Ou seja, ele passa a aplicar o aprendizado ao seu dia a dia, tornando mais significativo o processo.

Outro aspecto valioso é que, com a aplicação desse método, a empresa mostra maior empatia, entendendo que cada colaborador aprende de um jeito diferente. Com uma ferramenta personalizável, o T&D consegue oferecer diversos caminhos de aprendizagem e coloca o aluno no centro do processo.

Além da importância para o crescimento individual do colaborador, o Blended Learning não deixa de apontar para a coletividade, incentivando a troca de experiências e o trabalho em equipe.

Como ter sucesso em uma estratégia de ensino híbrido?

Existem alguns passos importantes para que a empresa tenha sucesso em uma estratégia de ensino híbrido:

1. Identifique os objetivos da aprendizagem

Para ter uma boa estrutura em sua estratégia de blended learning, defina seus objetivos e metas antes da aplicação, mapeando o perfil dos colaboradores e da empresa. Estabeleça qual conhecimento deseja passar para as equipes e as competências que necessitam de desenvolvimento.

2. Monitore o desempenho

É primordial avaliar e monitorar o desempenho da equipe, analisando o progresso de cada um ao longo do processo de aprendizado. Coloque observações relevantes e dê feedbacks aos colaboradores a cada etapa, criando um sistema de avaliação. Dessa forma, o T&D consegue criar estratégias para fazer com que os alunos se sintam apoiados e motivados, aumentando assim seu interesse e participação.

3. Escolha uma plataforma

Para aplicar todos os pontos aqui abordados, é fundamental o uso de uma plataforma de aprendizagem. Ela irá disponibilizar ferramentas que auxiliam no compartilhamento de conteúdos informativos, aulas, tarefas e salas para debates na parte virtual do ensino, além de facilitar a análise de resultados. 

Com a criação de um ambiente de aprendizagem, é possível alcançar as metas e objetivos organizacionais, desenvolvendo competências que elevam o nível da empresa.

Apesar das vantagens citadas dos treinamentos digitais dentro de um modelo híbrido, a urgência causada pela pandemia fez com que muitas salas de aula virtuais não tivessem uma boa estrutura pedagógica para atender aos alunos e enriquecer a experiência de aprendizagem. 

Como os profissionais de T&D podem aproveitar a oportunidade para criar proximidade e presença, mesmo à distância? É o que abordamos em nosso ebook “Live Distance Learning: Uma nova direção para a aprendizagem híbrida”.

Saiba mais