GPA inova treinamentos digitais com Universidade em Casa | Série Ágeis e Resilientes

Dicas de T&D

GPA inova treinamentos digitais com Universidade em Casa | Série Ágeis e Resilientes

Artigo
GPA inova treinamentos digitais com Universidade em Casa | Série Ágeis e Resilientes

A série Ágeis e Resilientes conta histórias reais e inspiradoras de empresas que se transformaram para apoiar seus colaboradores e a sociedade durante o período de isolamento social.

Na terceira edição, conversamos com Camila Zanchim, Gerente de Recursos Humanos do GPA. Ela nos contou como a empresa se adaptou ao home office e as inovações de T&D que foram criadas para incentivar o autodesenvolvimento dos colaboradores. Confira o bate-papo completo:

Como o GPA se adaptou ao isolamento social?

O GPA é o maior grupo de varejo alimentar da América do Sul, responsável por marcas como Pão de Açúcar, Extra, Assaí, e muitas outras. Esse segmento é considerado essencial para a população e, portanto, as lojas se mantiveram abertas, seguindo rígidos protocolos de segurança.

As equipes de suporte às operações, no entanto, migraram para o regime de home office. Essa prática não era comum no GPA e exigiu adaptações para toda a equipe. A liderança precisava criar conexão com as equipes de forma remota, enquanto todos os colaboradores precisavam gerenciar bem o tempo em casa e se comunicar assertivamente, mantendo sempre o foco nos resultados.

O GPA inova treinamentos digitais em resposta ao home office

Camila considera que o isolamento social impulsionou o ensino a distância e colaborou para que algumas resistências fossem superadas. Há alguns anos, o GPA investe fortemente em experiências de educação digital, e continuará abraçando este formato após a normalização das atividades.

Durante o momento atual, no entanto, a empresa entendeu que precisava criar e adaptar ações especiais, oferecendo recursos que apoiassem a performance dos colaboradores em home office.

Universidade em Casa

A Universidade em Casa é um canal de edutenimento criado para ajudar o colaborador a se adaptar às novas práticas de trabalho remoto. Os conteúdos do canal são divididos em duas categorias:

  • Conteúdos de prateleira, com materiais desenvolvidos por consultorias, artigos e vídeos da biblioteca digital da CrossKnowledge
  • Conteúdos da Universidade, com vídeos curtos criados em casa pelos próprios colaboradores, abordando temas escolhidos por votação com uma linguagem leve e descontraída

O canal foi desenvolvido pela equipe do GPA em tempo recorde: da ideia até o lançamento, foram apenas 15 dias. Os benefícios para a aprendizagem, no entanto, permanecerão por bastante tempo.

Uniflix

Lançada em 2018 pela Universidade do Varejo GPA, é uma iniciativa digital voltada para desenvolvimento de temas do universo corporativo. Apesar de não ter sido criada para o contexto atual, as webséries e micro-learnings do canal complementam treinamentos oferecidos pelo GPA.

Dia do Desenvolvimento

Essa é uma ação mensal que traz uma programação de palestras e conteúdos que incentivam a evolução profissional dos colaboradores. Este ano, pela primeira vez, o evento foi realizado de forma virtual, por meio de live streamings. A recepção foi muito positiva, com uma grande adesão e excelentes feedbacks.

O GPA seguirá em sua jornada de transformação digital

Camila acredita que a maioria das iniciativas será mantida, independente da retomada das atividades presenciais. O GPA já vinha em uma jornada de transformação digital, e entende que precisa ter seus colaboradores preparados para enfrentar adversidades.

Os resultados de todos esses esforços aparecem no crescimento do acesso e do engajamento na plataforma digital da Universidade do Varejo GPA.

Como o T&D pode apoiar a organização no contexto atual?

Camila reforça que, para assumir um papel estratégico, a área de educação corporativa precisa se basear nas competências organizacionais. O desenvolvimento precisa, mais do que nunca, estar alinhado aos objetivos estratégicos da empresa.

A Universidade Corporativa precisa oferecer conteúdos diferenciados e treinamentos de qualidade, mas existe uma “dica de ouro”: o autodesenvolvimento. É importante dar as ferramentas e incentivar os colaboradores a se tornarem responsáveis por sua própria aprendizagem.

“O protagonismo não pode ser assumido por ninguém além dos próprios colaboradores.”
Camila Zanchim, GPA

Não deixe de conferir as outras edições da série Ágeis e Resilientes: Itaú Social e Sistema Fiep

Saiba mais

Fique por dentro

Receba as notícias do nosso blog direto no seu email!