Microlearning: o que é e quais são as vantagens no T&D?

Artigo

Microlearning: o que é e quais são as vantagens no T&D?

Artigo
Microlearning: o que é e quais são as vantagens no T&D?

Atualmente, os seus colaboradores estão enfrentando grandes disrupções e mudanças em sua vida profissional. Além de suas tarefas e responsabilidades diárias, não podemos esquecer que eles também são eternos aprendizes. Aprendizes que enfrentam uma sobrecarga de informações, um tsunami digital e, acima de tudo, uma disponibilidade cada vez menor de tempo. Para aproveitar todas as oportunidades que a aprendizagem tem a oferecer, é necessário ter em mente o conceito de microlearning.

Com isso, é possível entender que podemos aprender aos poucos em qualquer lugar, a qualquer momento e ao longo da vida. Para saber mais sobre esse conceito e como ele funciona, continue acompanhando a leitura!

O que é microlearning?

Microlearning é um tipo de abordagem de aprendizagem online que transmite pequenas doses de conhecimento em uma curta duração. A tradução da palavra já diz muito sobre o seu significado: micro (pequeno, reduzido) learning (aprendizado). Ou seja, é um método de aprendizagem em que o conteúdo é entregue de forma objetiva e focado em uma única informação.

As aulas possuem uma linguagem simples, com diversos recursos multimídias, que tornam o conteúdo mais fácil de ser compreendido pelo aluno. Pelo seu formato diferenciado, este modelo costuma ser oferecido em plataformas de aprendizagem e por meio de vídeo aulas.

Qual o objetivo do microlearning?

O objetivo do microlearning é poder entregar um conteúdo complexo de forma mais objetiva e por meio de pequenas sessões de aprendizagem. Ao oferecer essas doses menores de conteúdo, esse modelo facilita a aprendizagem do aluno e contribui para o seu entendimento. Afinal, os assuntos são mais focados e organizados, o que demanda menos tempo e concentração dos profissionais. 

É uma metodologia mais flexível e orientada ao aluno, possibilitando que somente os tópicos realmente importantes e que os profissionais precisam aprender sejam acessados. Por exemplo, uma aula normal pode durar até algumas horas e assim abordar inúmeros temas. No microlearning, essa aula pode ser dividida em pequenas partes. Ou seja, o aluno pode assistir apenas os tópicos que ele realmente necessita aprender. 

É por isso que esse modelo não se torna menos eficiente, mas é uma ótima ferramenta para alcançar bons resultados na educação corporativa sem torná-la cansativa aos profissionais que já possuem uma rotina de tarefas corrida. Ao trabalhar com as necessidades específicas dos alunos, o engajamento aumenta e os resultados melhoram. Além de muitos outros benefícios. É o que veremos nos próximos tópicos, continue acompanhando!

Qual a importância do microlearning na educação corporativa?

Theo Hug, pesquisador da Universidade de Insbruck, explora as possibilidades de storytelling e narração em sua pesquisa “The Micro Learning and Narration”. Ele descreve o microlearning como “uma resposta para os desafios dos alunos. O microlearning facilita a aprendizagem com unidades de aprendizado menores e atividades focadas em curto prazo” (Hug, 2015). 

Como Hug afirma, o aprendizado repetitivo por meio da incorporação do processo de aprendizagem na nossa rotina é altamente eficaz. Novos espaços de aprendizagem surgem, fazendo uso de diferentes formas de comunicação, possibilitando o tão falado lifelong learning.

Benefícios do microlearning

Confira abaixo os principais benefícios ao utilizar o microlearning na educação corporativa:

1. Otimização de tempo

Não há dúvidas de que uma das maiores vantagens do microlearning é a otimização do tempo, seja para as empresas ou para os alunos. Para os líderes de T&D, as aulas são mais rápidas de produzir e podem ficar disponíveis em poucos dias. Isso porque são conteúdos menores e mais objetivos.

Já para os alunos, o microlearning se encaixa melhor nas rotinas dos profissionais. Eles costumam ter pouco tempo para estudar e nem sempre tem tempo para realizar treinamentos mais longos. Um conteúdo mais direcionado permite que o conhecimento seja constantemente atualizado sem que necessite de uma grande quantidade de tempo.

2. Aumento da produtividade

Ao demandar menos tempo para a atualização do conhecimento do aluno, consequentemente ele passa a ter uma maior e melhor produtividade ao ter mais tempo para se dedicar às suas rotinas de trabalho e para colocar o que aprendeu em prática com mais agilidade. 

3. Fácil manutenção

Por ser um formato curto, a manutenção se torna muito mais fácil. É possível retirar, adicionar, substituir e fazer qualquer tipo de atualização no conteúdo com mais rapidez. Além de não afetar os demais conteúdos, já que são apenas pequenas doses de aprendizagem.

4. Personalização

Como já dito anteriormente, o microlearning é um modelo de aprendizagem orientado ao aluno. Ele viabiliza a personalização do conteúdo com mais facilidade, pois com materiais curtos, é possível direcionar os conteúdos para atender as necessidades de cada profissional.

 

Microlearning aliado ao mobile learning para potencializar os programas de aprendizagem

Você dificilmente terá chance de ser competitivo no campo do e-learning se não se adaptar à essa tendência. Os treinamentos guiados e estruturados são importantes, como falamos neste artigo, mas você também precisa recorrer ao microlearning se quiser criar uma estratégia de T&D efetiva. E não é apenas isso que é importante: seu conteúdo precisa estar disponível em smartphones e dispositivos móveis. Este é um pré-requisito e, muitas vezes, um grande desafio para muitas organizações. 

Uma das mais respeitadas integrantes da CrossKnowledge Faculty, Amber Dailey-Hebert, descreve muito bem o contexto de muitos dos seus colaboradores: os alunos não vivem para o aprendizado, eles também têm outras tarefas e responsabilidades diárias. Além disso, eles se deparam com uma sobrecarga de informações: você sabia que a taxa de informação triplicou apenas nos últimos 3 anos? As pessoas estão sobrecarregadas com ferramentas e precisam de orientação para “aprender a aprender na era digital”.

Microlearning no mobile learning

Você melhora muito a experiência do aluno quando oferece pílulas de conhecimento a qualquer hora, em qualquer lugar, em qualquer dispositivo. Essa regra tem que valer para qualquer conteúdo de treinamento da sua organização. 

Assim como Theo, Amber Dailey-Hebert descreve o valor do microlearning para sua organização: “Para aproveitar a oportunidade completa que a educação digital tem a oferecer, prepare conteúdos compactados e fragmentados”. 

Você precisa selecionar o conteúdo que é relevante para você. Crie sua própria biblioteca de aprendizagem personalizada para consultar sob demanda, reunindo conteúdos interessantes de T&D que você possa acessar facilmente. Por meio de um dispositivo móvel (tablets, telefones e aplicativos), você cria sua jornada diária de aprendizagem, estudando conteúdos em tamanho reduzido enquanto aguarda sua próxima reunião ou logo após o almoço.

Benefícios da união de microlearning e mobile learning

Confira abaixo os benefícios da união entre o microlearning e o mobile learning:

  • Aumentar a taxa de conclusão;
  • Maior visibilidade para o programa de integração: os recém-chegados podem ter acesso a programas de onboarding em qualquer lugar e a qualquer momento;
  • Vá além ou encontre inspiração em vídeos, histórias ou animações;
  • Aumente o aprendizado colaborativo e social graças a bate-papos, wikis e várias outras ferramentas colaborativas.

Se quiser explorar mais as vantagens do mobile learning, não deixe de ler este artigo.

Saiba mais