Plataforma LMS: 6 dicas para torná-la mais orientada ao aluno

Agir

Plataforma LMS: 6 dicas para torná-la mais orientada ao aluno

Checklist
Plataforma LMS: 6 dicas para torná-la mais orientada ao aluno

Uma das primeiras etapas da implantação de uma plataforma LMS (Learning Management System) é a definição de uma estratégia de lançamento. Para obter o melhor resultado possível, ela precisa ser orientada ao aluno. No entanto, como podemos definir uma estratégia de aprendizado eficiente para os colaboradores se não soubermos como fazer um LMS focado no no aluno? 

Aqui estão seis dicas sobre como projetar uma plataforma LMS centrada no usuário.

Como tornar a plataforma LMS centrada no usuário

1 – Priorize a experiência de aprendizado

A escolha de uma plataforma LMS não deve ser baseada apenas em sua gama de funcionalidades, capacidade de integração ou automação de aspectos administrativos. Esses pontos são importantes, claro, mas não tanto quanto uma experiência de aprendizagem agradável, suave e engajadora. 

O envolvimento direto dos stakeholders é necessário, o que pode ser obtido:

  • Apresentando soluções de uma maneira original: em vez de encaminhar uma apresentação em PowerPoint, realize rápidas demonstrações, webinars ou prepare vídeos. Há várias formas de ser criativo na apresentação do seu LMS!
  • Incentivando a contribuição da equipe. Use sua rede social corporativa para estimular os colaboradores a compartilharem suas experiências de aprendizagem.
  • Pedindo às pessoas para expressarem suas opiniões. Receber feedback é essencial ao coletar os dados de aprendizagem de sua empresa.

2 – Defina indicadores claros e relevantes

A presença de indicadores de desempenho é vital: é a única maneira de obter as informações necessárias para melhorar o uso e a eficiência do seu LMS.

  • Adote a mesma estratégia que os varejistas eletrônicos. Para compreender a popularidade e os pontos de melhoria do seu LMS, aplique a seguinte lista de indicadores ao seu projeto:
    a) Tráfego: mensure o acesso em diferentes partes da plataforma;
    b) Taxa de conversão: acompanhe o “consumo” dos seus conteúdos;
  • Meça também a satisfação, o impacto e a qualidade da experiência de aprendizagem. Pesquisas de qualidade ajudam a elaborar indicadores quantitativos e identificar formas de melhorar o programa.
  • Forme um comitê de diretores e realize reuniões regulares com ele. Muitas empresas não valorizam esta dica, mas é essencial reunir-se com os stakeholders para avaliar a evolução do projeto de forma qualitativa. Isso vai te ajudar a assegurar a sustentabilidade do seu LMS.

3 – Adote a estratégia de conteúdo certa

  • Tenha um catálogo diversificado de conteúdos e cursos para que seu aluno encontre o que precisa no momento certo.
  • Encoraje seus alunos a serem protagonistas da própria aprendizagem. Em vez de ficar “empurrando” conteúdos, ofereça: uma boa ferramenta de buscas, um catálogo de treinamento completo e recursos de interação e compartilhamento. 
  • Tenha sempre em mente que o seu LMS deve ser o núcleo da sua experiência de educação corporativa

4 – Realize ações de marketing de aprendizagem

  • Pense em seus colaboradores como clientes internos para os quais você precisa vender a solução. Construa um plano promocional para lançar seu produto em dois estágios principais:
    a) Conheça o dia a dia de seus alunos. Faça perguntas para analisar seus comportamentos, dores e necessidades – afinal de contas, você quer oferecer um programa que se encaixe em suas rotinas de trabalho;
    b) Lance uma campanha de comunicação impactante. Crie uma estratégia de marketing para chamar a atenção e envolver todos da empresa. Além dos canais de comunicação tradicionais, usar estratégias de gamificação pode ser uma boa ideia!

5 – Conquiste o apoio das pessoas certas

  • Para ser bem-sucedida, a campanha de comunicação precisa dos embaixadores apropriados. Envolva os business partners de RH, assim como os gerentes, que devem apoiar os membros da equipe durante o lançamento da plataforma. 
  • Escolha fornecedores experientes que ofereçam suporte qualificado para suas ações de educação digital, incluindo a sua plataforma LMS.

6 – Facilite a vida dos seus colaboradores

  • Empresas como Amazon e o Yahoo observaram que o tempo de carregamento da página é inversamente proporcional ao tráfego. Sempre que possível, trabalhe com a TI para oferecer uma estrutura rápida e eficiente.
  • O número de cliques que os alunos precisam fazer, assim como o tipo de login e duração de treinamento, tem um impacto significante no engajamento dos alunos. 
  • Por último, mas não menos importante, o treinamento tem que vir ao aluno e não o contrário. Trabalhe com seu departamento de comunicação interna para garantir que seus programas estarão recorrentemente na pauta da área.

Acima de tudo, lembre-se: O LMS tem que ser pensado para, com e em torno do aluno.

CrossKnowledge Learning Suite: uma plataforma orientada ao aluno 

Você busca um LMS feito para desenvolver as competências dos seus colaboradores? Procuramos entender como as pessoas aprendem para construir a melhor plataforma de aprendizagem do mercado. 

A CrossKnowledge Learning Suite te ajuda a desenhar experiências de aprendizagem que te permitam entregar resultados concretos ao negócio por meio de:

  • Personalização nativa, para um portal tão bonito quanto a sua marca;
  • Painéis personalizados para que você, os líderes e os alunos acompanhem o progresso coletivo e individual;
  • Integração segura e sem complicações com seus sistemas existentes, para deixar a sua TI tranquila;
  • Marketing de aprendizagem integrado, para você promover os seus programas e aumentar o engajamento.

Saiba mais

Fique por dentro

Receba as notícias do nosso blog direto no seu email!