A revolução das Plataformas de Experiências de Aprendizagem

Artigo

A revolução das Plataformas de Experiências de Aprendizagem

Artigo
A revolução das Plataformas de Experiências de Aprendizagem

Neste mundo em constante transformação, a revolução digital assumiu o protagonismo com suas novas plataformas e soluções de automação. Tecnologias, ferramentas e práticas de negócios estão se desenvolvendo mais rapidamente que a habilidade dos seus usuários de se adaptarem. Seus colaboradores precisam constantemente estar atualizados e desenvolver novas competências, para que os novos aplicativos aumentem sua eficiência e os ajudem a economizar tempo.

Portanto, como profissional de T&D, você deve constantemente repensar as estratégias de treinamento dos seus colaboradores para manter suas competências atualizadas – e ajudá-los a adquirir novas, também. Enquanto trabalham para alinhar as habilidades das suas equipes às mais recentes tecnologias, você também deve manter em primeiro plano as suas habilidades de comunicação e escuta, assim como as de inteligência social e emocional.

Os treinamentos obrigatórios, embora necessários, podem não ser suficientes para os colaboradores. Eles precisam de uma abordagem diferente para a aprendizagem, devido à falta de tempo por um lado, e a vasta diversidade de competências a serem adquiridas, por outro. Já que a sua força de trabalho quer controlar sua própria jornada de aprendizagem, os treinamentos devem ser adaptados em concordância, de forma que o aprendizado seja envolvente e customizável.

A próxima geração de treinamentos corporativos finalmente está aqui para ajudar! Enquanto beneficia completamente o crescimento da sua empresa, as Plataformas de Experiências de Aprendizagem (LXP) oferecem aos seus funcionários uma abordagem completa e personalizada para a aprendizagem.

Para começar: o que é uma Plataforma de Experiências de Aprendizagem?

Uma Plataforma de Experiências de Aprendizagem é um software que oferece uma experiência personalizada ao aluno. Ela pré-seleciona conteúdos de uma série de fontes: recursos internos, conteúdos da internet e conteúdos criados pelos próprios usuários. O objetivo é utilizar materiais relevantes para engajar os alunos em um ambiente interativo. Isso cria uma comunidade de aprendizagem e aumenta a motivação pessoal dos colaboradores para desenvolver suas habilidades.

Como são essas plataformas?

A Plataforma de Experiências de Aprendizagem cria um ambiente envolvente e pode ser integrado em um sistema para oferecer aprendizagem sob demanda. Por exemplo, pode ser organizada em canais ou playlists baseadas em tópicos específicos, competências ou objetivos educacionais. Também pode oferecer funcionalidades sociais, onde os usuários possam compartilhar e avaliar conteúdos, escrever comentários, receber recomendações, e muito mais. Resumindo, a experiência de consume dos treinamentos está começando a ficar similar a dos serviços de streaming, com recomendações personalizadas.

Um novo estilo de aprender pede uma nova abordagem

No início de 2018, o UK Centre for Learning and Performance Technologies realizou uma pesquisa que revelou como as pessoas preferem se desenvolver no ambiente de trabalho: 37% preferem treinamentos presenciais, 79% recursos digitais e 87% troca de conhecimento. Essas estatísticas mostram como colaboradores estão mudando de métodos tradicionais para abordagens baseadas na internet e na força das comunidades.

Tradicionalmente, a educação corporativa era top-down e impulsionada pelo T&D. No entanto, de acordo com Josh Bersin, pesquisador e analista na área de RH, Educação e Tecnologia, “Colaboradores e consumidores agora querem rápidos conteúdos instrucionais (os chamados “micro-learning”). Eles querem conteúdos que sejam fáceis de encontrar, acompanhados de uma experiência que assemelhe mais a uma ferramenta de buscas ou uma televisão, e não um catálogo de cursos.”

A realidade hoje é que os colaboradores não estão engajados, não têm tempo para aprender e precisam se atualizar mais frequentemente, já que as informações ficam desatualizadas cada vez mais rápido. Diante deste contexto, as pessoas precisam de soluções flexíveis, que as permitam aprender em seu próprio ritmo por meio de técnicas animadoras e inovadoras como vídeo, gamificação, colaboração, realidade aumentada, chatbots, entre outras.

Como as Plataformas de Experiências de Aprendizagem podem impulsionar os negócios

As empresas geralmente investem nestas plataformas porque elas podem ajudá-las a tornarem-se mais competitivas.

Elas são uma ótima maneira de gerenciar a performance e avaliar as habilidades dos colaboradores. Podem ser utilizadas para abordar necessidades específicas de aprendizagem de um colaborador ou identificar gaps de conhecimento, para assim alinhar o desenvolvimento de competências com os objetivos de negócio. Além disso, elas ajudam a reduzir o turnover porque os colaboradores se sentem mais satisfeitos quando podem se desenvolver da maneira que desejam.

Por último, mas não menos importante, elas unem as equipes e departamentos pois ajudam a aumentar a colaboração. Diversos estudos mostram que uma melhor colaboração leva a melhores performances na organização. De acordo com a Forbes, “empresas que promoveram trabalhos colaborativos possuem 5 vezes mais chances de apresentar alta performance.”

E como ficam os LMS no meio disso tudo?

Com o crescimento das Plataformas de Experiências de Aprendizagem, os LMS não estão mortos, como alguns podem suspeitar. Eles são destinados a gerenciar e monitorar a educação corporativa do ponto de vista de processos, e diversas Plataformas de Experiências de Aprendizagem podem ser integradas a eles para melhorar a experiência do usuário. Em vez de substitui-los, essas plataformas são utilizadas para melhorar os LMS já existentes.

O que o futuro reserva?

No futuro, espera-se que a educação corporativa ganhe importância, uma vez que as empresas buscam melhorar a performance dos seus colaboradores com soluções únicas. Nos ambientes de trabalho altamente conectados, ferramentas poderosas devem ser implementadas para aumentar a agilidade e a qualidade da aprendizagem. Essas ferramentas serão baseadas em tecnologias de ponta como inteligência artificial, realidade aumentada, chatbots e interfaces de conversação.

Você quer proporcionar aos seus colaboradores a melhor experiência de aprendizagem? Descubra a Learning Suite: nossa Plataforma de Experiências de Aprendizagem.

Plataforma de Experiencia de Aprendizagem

Saiba mais

Fique por dentro

Receba as notícias do nosso blog direto no seu email!