Treinamentos digitais: dicas para alcançar melhores resultados

Artigo

Treinamentos digitais: dicas para alcançar melhores resultados

Artigo
Treinamentos digitais: dicas para alcançar melhores resultados

Em 2017, o relatório da Deloitte apontou que 83% dos executivos identificam os treinamentos como algo importante ou muito importante para as empresas. Esse contexto nos desafia a pensar experiências de aprendizagem contínuas e adaptadas às necessidades dos colaboradores. Com a tecnologia, os treinamentos digitais se tornaram possíveis e facilitaram todo este processo de aprimoramento.

Ainda existe, porém, uma impressão comum de que alguns desses treinamentos digitais são pouco produtivos e causam um fraco impacto nos seus participantes. Isso vem de um histórico do início dos treinamentos, onde o e-learning nada mais era do que uma sequência de slides.

Mas… como produzir um treinamento eficaz que gere bons resultados? Continue acompanhando a leitura e descubra dicas e estratégias essenciais para auxiliá-lo nesta tarefa.

Como obter bons resultados nos treinamentos?

Dentro de uma organização, existem duas situações que ocorrem com uma frequência maior do que gostaríamos: os colaboradores fazem os treinamentos, não praticam e esquecem o que aprenderam ou então recebem treinamentos improdutivos que não se adequam a sua atuação na empresa.

A resposta para este problema é que um treinamento produtivo é aquele que tem impacto direto na performance dos profissionais da companhia.

Porém, isto nem sempre é o que acontece nas organizações. Isso porque muitos líderes pensam que melhorar o desempenho dos colaboradores é apenas entregar muito conteúdo, mas a verdade é que para impactar as pessoas de forma eficaz é preciso começar a entregar as experiências.  

O conteúdo então não é mais o primeiro objetivo, mas sim as experiências. Elas vão conduzir a aprendizagem para uma aplicação prática. Ou seja, a aprendizagem é percebida quando se observa o comportamento sendo efetivamente aplicado. 

Como entregar experiências?

Mas afinal, como entregar essas experiências nos treinamentos? Há 5 elementos essenciais que as principais consultorias de educação do mundo inteiro, inclusive a CrossKnowledge, costumam recomendar para obter êxito nesta tarefa. Confira abaixo:

Oferecer feedback

O primeiro elemento é oferecer um bom feedback. Para isso, ele precisa ser provocativo e levar o aluno a pensar. Além de também ser motivante, para fazer com o que ele sinta vontade de ir e colocar em prática tudo o que ouviu. 

Uma das sugestões é utilizar enquetes que proporcionem um feedback consistente e complementar. Por exemplo, a empresa pode fazer uma enquete que apresente uma imagem perguntando como ela pode ser descrita. 

Através de duas alternativas oferecidas como resposta, é possível analisar o perfil de cada colaborador e apresentar na hora mesmo um gráfico com os resultados. Isso pode ser realizado até mesmo em eventos presenciais, onde as pessoas podem acessar pelo próprio celular, gerando um verdadeiro blend entre o online e o presencial.

Estimular ações

Ação é o que o aluno deve fazer para atingir o sucesso da tarefa proposta. Ela pode ser digital ou no mundo real. Seja qual for o caso, é necessário ser algo que gere a implementação efetiva do que foi proposto para o dia a dia de trabalho. 

Exemplo: em um curso online de cirurgia de joelho, o aluno pode pegar o marcador e desenhar na pele onde deve ser feito a incisão. Ele pode manipular diretamente um objeto, mesmo sendo de forma virtual. 

Gerar significado

A experiência precisa ser significativa, ou seja, que tenha contexto e seja algo que o colaborador realmente vive. Ela pode se materializar, por exemplo, através de narrativas visuais e cenários. Seja qual for o método, ela precisa estar contextualizada.

Dica para aplicação: ofereça cursos que mostrem a realidade de forma virtual. Eles podem ser feitos em primeira pessoa, além de ser possível colocar as atividades conectadas a realidade. 

Por exemplo, para motoristas de caminhão existe a Operation Lifesaver, que, por meio de um vídeo, exibe o contexto real em que eles trabalham, mostrando acidentes rodoviários e como eles ocorreram. Então, são apresentadas as orientações e direcionamentos que evitariam esses acidentes.

Provocar desafios

A experiência também precisa ser entregue de forma que gere um desafio. Esse desafio costuma ser um convite que é feito ao aluno para ele reavaliar as situações necessárias e aplicar o conhecimento para mudar este contexto atual.

Por exemplo, o Path to Performance, que é uma solução da CrossKnowledge, combina temas consagrados do mercado em um formato diferenciado. Ele faz com que as pessoas passem por fases, ou seja, é como se fosse uma história que desafia os alunos em etapas.

Ser memorável

Por fim, esta última ação precisa unir todas as anteriores. Toda experiência precisa de um momento “uau”, de uma intervenção por meio de alguma experiência dinâmica. Um acontecimento intenso ou inesperado que vai reforçar a experiência do aluno. 

Este momento memorável pode se materializar de diversas maneiras e ele precisa tocar o aluno, às vezes fazer ele rir ou fazer com que ele compartilhe suas melhores práticas.

Por exemplo, a Asana, que é uma plataforma que ajuda a gerenciar e organizar projetos, é um exemplo de momentos inesperados. Quando uma tarefa é completada, talvez apareça um unicórnio voador passando pela tela. 

Em um dia pesado de trabalho, isso pode trazer leveza e sorrisos. Apesar de ser uma solução simples e sem grandes recursos, ela cumpre o que uma ação memorável deve proporcionar e pode ser aplicada em contextos de treinamentos.

Dicas para ter sucesso nos treinamentos digitais

Confira agora algumas dicas para transformar os treinamentos de qualquer empresa:

Transforme os “flat moments”

Uma das estratégias é enxergar oportunidades para transformar os “flat” moments, aquilo que é padrão. Avalie como está sendo as mensagens dos treinamentos realizados e se está realmente despertando o interesse e o desejo dos alunos.

Faça as pessoas protagonistas

Coloque os colaboradores da empresa como protagonistas de uma história. Faça com que eles se sintam como uma verdadeira peça da organização. Uma sugestão é coletar depoimentos da equipe para falar sobre benefícios, resultados, entre outros assuntos. 

Mostre casos reais

Mostre casos reais, explore os ambientes e mostre as possíveis consequências. É importante deixar os colaboradores cientes das diversas situações que podem acontecer e como eles podem e devem reagir a elas. 

Utilize o storytelling

Utilize um storytelling poderoso, pois com ele é possível criar analogias memoráveis e transmitir as mensagens necessárias de uma forma inesquecível. Eles se encaixam perfeitamente nas situações de treinamentos.

Use o comportamento observado

Quando se utiliza uma plataforma, é possível analisar e observar o comportamento e atitudes dos alunos, pois ali ficam registrados todas as atividades e dados do colaborador. A empresa pode pegar essas informações para fazer avaliações, além de poder utilizar os canais de comunicação para o envio de mensagens mais estratégicas, gerando um maior engajamento.

Prática + evidência

Algumas empresas pedem que os colaboradores enviem fotos ou vídeos de seu trabalho para a comunidade de aprendizagem, servindo como evidência que eles estão colocando em prática aquilo que aprenderam nos treinamentos. Isso é uma ótima opção para extrapolar o conhecimento teórico e analisar o que realmente está surtindo efeito.

Acompanhamento da liderança 

Em plataformas de experiências de aprendizagem, os alunos podem trabalhar junto com tutores para avaliar seu comportamento ao colocar algum ensino em prática. Esta é uma excelente ferramenta para os líderes verem o nível do desenvolvimento da equipe e fazerem um bom acompanhamento.

Como colocar em prática as estratégias de treinamento?

Depois de todas essas dicas e informações, talvez você esteja se perguntando por onde começar. Ou talvez acredite que é preciso de muitos recursos para colocar em prática tudo o que vimos aqui. Mas não se preocupe, é possível começar de forma simples e obter ótimos resultados. 

A base para desenvolver um treinamento de sucesso ou qualquer nova ação na empresa é a colaboração. Preparamos alguns passos para te auxiliar nesta jornada. Confira:

1. Pense em qual é o objetivo final

Antes de tudo, é preciso saber o que a empresa quer com este treinamento. Crie objetivos de performance que estejam alinhados aos objetivos de negócio da organização. 

2. Esteja atento ao excesso de conteúdo

Este é o principal vilão da maioria dos treinamentos. Foque no que os colaboradores realmente usam no seu dia a dia de trabalho. A dica é confirmar com o público-alvo se os conteúdos são realmente aplicáveis em suas rotinas. Outro ponto essencial é não ir adquirindo mais conteúdos sem um critério de compra: você pode seguir uma lista do que vai ser e do que não vai ser abordado, por exemplo.

3. Priorize o que deve ser abordado

Analise o que é mais importante e o que não pode faltar dentro do treinamento. O Mind Mapping é uma ferramenta interessante para que as pessoas pensem e avaliem de forma visual aquilo que a solução deve conter.

4. Crie protótipos

Os protótipos podem ser de grande auxílio e fundamentais na hora de desenvolver um grande projeto. Podem ser em papéis ou de forma digital, como por exemplo sketchs ou protótipos navegáveis. 

Agora que você já aprendeu como aplicar treinamentos digitais, você deve estar se perguntando se realmente vale a pena investir seu tempo e dinheiro em essas inovações na sua empresa. A resposta é: sim! O importante é saber que por mais que se tenha gastos com inovação, o retorno é maior – não só economicamente, mas também na motivação e engajamento dos colaboradores.

Agora o próximo passo é colocar em prática todas as dicas e criar um excelente programa de treinamento. A CrossKnowledge pode te ajudar a definir seus objetivos, pois uma das suas principais áreas de especialização é a construção de programas de treinamento efetivos e de alto impacto. 

Ficou interessado? Clique aqui para conhecer mais sobre a nossa visão.

Saiba mais

Fique por dentro

Receba as notícias do nosso blog direto no seu email!