Aprendizagem móvel: vantagens do m-learning nas empresas

Artigo

Aprendizagem móvel: vantagens do m-learning nas empresas

Artigo
Aprendizagem móvel: vantagens do m-learning nas empresas

Cada vez mais, a aprendizagem móvel está se tornando parte indispensável da estratégia de aprendizado de uma organização. Hoje, muitas empresas disponibilizam dispositivos móveis para seus colaboradores, ou permitem que eles utilizem aplicativos corporativos em seus próprios aparelhos.

Isso abriu uma série de novas possibilidades para a área de treinamento e pode trazer muitas vantagens para a educação corporativa. Com o mobile learning, é possível otimizar todo o processo de aprendizagem sem perder o alinhamento com a estratégia de ensino da organização. 

Neste artigo, iremos falar sobre o uso de aplicativos móveis na educação corporativa, como esse processo funciona e todos os benefícios que ele pode trazer para o T&D da sua empresa. Confira! 

O que é aprendizagem móvel?

A aprendizagem móvel, também conhecida por m-learning (mobile learning), é uma modalidade de ensino que permite o acesso ao conteúdo das aulas por meio de dispositivos móveis conectados à Internet. Basicamente, seu conceito consiste em fazer com que o aluno possa estudar quando e onde ele quiser, de acordo com suas necessidades do momento.

A importância do mobile learning na educação corporativa

Com os avanços da tecnologia, é inevitável que praticamente todos dentro de uma organização possuam algum dispositivo móvel. Afinal, quem não tem um smartphone hoje em dia? Segundo o Economia Móvel 2019, pesquisas mostram que 5,1 bilhões de pessoas em todo mundo usam algum aparelho celular. Isso representa 67% da população mundial.

A maioria das pessoas não só possui smartphones, como também usam esses aparelhos cada vez mais para a realização de diversas tarefas. Seja no ônibus, na própria empresa, em restaurantes, etc. A realidade é: o celular está sempre à mão! Por isso, eles também se tornaram um ambiente ideal para o processo de aprendizagem. 

Além desse grande e expressivo fator, existe uma outra questão importante: a agitação da rotina diária dos profissionais. Muitos colaboradores já possuem uma vida cheia e corrida. Com isso, é difícil conseguir engajá-los e mantê-los empenhados com os treinamentos digitais após um dia cheio de trabalho, ou até mesmo em seus dias de descanso.

O mobile learning permite que o profissional possa utilizar seu tempo de percurso até ao local da empresa para acessar às aulas ou em qualquer outra situação que possa otimizar o seu tempo de estudo e não atrapalhar o seu tempo livre. Assim, é possível unir a necessidade da organização de capacitar seus colaboradores e, ao mesmo tempo, a do profissional de aumentar sua produtividade em meio a uma rotina tão agitada. 

Mais adiante, veremos outras diversas vantagens que esta modalidade pode trazer. Continue acompanhando!

Como funciona a aprendizagem móvel?

A aprendizagem móvel ocorre por meio de aplicativos e páginas adaptadas para dispositivos móveis. Esses aplicativos estão vinculados à uma plataforma LMS e proporcionam aos alunos o benefício de oferecer flexibilidade de acesso em qualquer lugar, a qualquer momento, com uma experiência integrada em qualquer dispositivo: celulares, notebooks, tablets, etc.

Uma das grandes vantagens dos aplicativos é a possibilidade de visualização offline de cursos, desde que o aluno tenha baixado previamente o conteúdo ou trilha. Todo o progresso é integrado ao LMS no momento que o colaborador possuir novamente acesso à internet.

O mobile learning também pode ser combinado com diversas formas de aprendizagem. As possibilidades incluem treinamentos formais, complementos para treinamentos formais e treinamentos para apoio à performance.

Quais são as vantagens dos aplicativos para aprendizagem móvel?

Como mencionamos anteriormente, os aplicativos podem ser utilizados para oferecer treinamentos formais (estruturados, pautados na macro-aprendizagem) ou treinamentos de apoio à performance (conteúdos de suporte, pautados na micro-aprendizagem).

As ferramentas de apoio à performance (dicas, tabelas, checklists, entre outros) foram projetadas para estarem disponíveis “just-in-time” para os colaboradores. Disponibilizá-las em dispositivos móveis é uma ótima estratégia, pois encoraja os alunos a efetivamente usá-las no trabalho. 

Vamos explorar mais detalhadamente as possibilidades de uso da aprendizagem móvel:

1. Para treinamentos formais

Hoje em dia, qualquer programa de treinamento formal pode (e deve) ser disponibilizado via mobile, mas alguns programas em especial podem se beneficiar mais disso:

  • Cursos obrigatórios, como o de compliance ou segurança da informação. A flexibilidade de acessar o curso, mesmo quando não conectado à internet, pode aumentar as taxas de conclusão dentro do prazo estipulado;
  • Programas de onboarding, uma vez que os aplicativos podem permitir que os novos colaboradores consultem as informações necessárias à qualquer momento.

2. Como complemento ao treinamento formal

  • Aplicativos permitem realizar avaliações antes e depois de treinamento formal (seja ele online ou blended);
  • Eles também podem ser usados para atividades de prática ou reforço de um treinamento formal por meio do compartilhamento de vídeos e experiências.

3. Como ferramenta de apoio à performance

Seu aplicativo pode centralizar as principais políticas, procedimentos e diretrizes da empresa. Além disso, também pode ser usado efetivamente em várias iniciativas, tais como:

  • Programas de Gestão de Mudança;
  • Treinamentos de Vendas;
  • Iniciativas de Compliance.

4. Aprendizagem Social

Este aspecto está em franco crescimento, uma vez que o uso de aplicativos estimula a aprendizagem colaborativa. Com eles, os alunos podem:

  • Compartilhar suas ideias, experiências e conteúdos com outros colaboradores;
  • Interagir e colaborar com conteúdos publicados por outros usuários;
  • Recomendar conteúdos relevantes para seus colegas.

O que você deve considerar antes de introduzir a aprendizagem móvel na sua organização 

Separamos alguns fatores que devem ser analisados antes de implementar o mobile learning nas organizações. Confira abaixo:

Estratégia de aprendizagem 

A equipe de T&D deve identificar onde a aprendizagem mobile se encaixa na organização. O primeiro passo é mapear os conteúdos e programas mais adequados para serem disponibilizados por meio de aplicativos móveis, para direcionar os esforços às iniciativas que mais trarão retorno.

Cultura organizacional

Se a maioria dos alunos não está confortável com a aprendizagem móvel, essa pode ser uma barreira. Para mitigar isso, você pode começar a transformação com programas que sejam mais aderentes ao universo mobile e, depois de ter casos de sucesso, estimular outros alunos a abraçarem a iniciativa.

Políticas organizacionais

Também é possível que os alunos estejam prontos para abraçar esse tipo de aprendizagem, mas a organização não possua uma política para apoiar. Nestes casos, os aplicativos também podem ser usados para promover programas de conscientização (incluindo iniciativas de Gestão da Mudança) e essas histórias de sucesso podem estimular a empresa a reavaliar suas políticas.

Infraestrutura tecnológica

Para o seu projeto de aprendizagem móvel dar certo, o seu LMS precisa ter suporte para o formato mobile, e esta mudança pode ter um custo significativo associado a ela. Algumas plataformas, como a CrossKnowledge Learning Suite, já possuem funcionalidades nativamente móveis.

O mundo do trabalho ultrapassou as barreiras dos escritórios, assim como a educação corporativa. Hoje, devemos estar onde os alunos estão, e a aprendizagem móvel surgiu como um grande aliado nesse processo. Você está preparando a sua empresa e sua equipe para essa transição? Já possui as ferramentas certas para fazer a mudança acontecer?

Como implementar o mobile learning na sua empresa?

Veja abaixo 3 passos fundamentais para o sucesso do seu aplicativo de aprendizagem móvel:

1º passo: Entenda sobre o seu público-alvo

O primeiro passo é se colocar no lugar dos alunos para desenvolver melhor os objetivos e estratégias de aprendizagem. Isso fará com que o aplicativo de treinamento esteja alinhado com as expectativas dos alunos, adaptando o conteúdo de acordo com as suas necessidades. 

Uma das formas de realizar esta etapa do processo é fazer perguntas aos colaboradores ou realizar uma pesquisa interna. Veja abaixo algumas respostas fundamentais que a empresa precisa ter:

  • Qual é a opinião do colaborador sobre treinamento e novas tecnologias? 
  • Como é o ambiente de trabalho dos alunos? 
  • Que obstáculos existem para o treinamento? 
  • Quais são os perfis dos alunos?
  • Que treinamentos já foram oferecidos para os alunos? Funcionaram? Por quê? Se não, identifique os obstáculos que impediram o sucesso.

2º passo: Elabore a experiência mobile

O próximo passo é começar a desenhar o projeto e desenvolver a experiência mobile learning. Nesta etapa, é importante selecionar uma plataforma que irá atender as necessidades e objetivos do projeto. Veja abaixo outros três fatores que precisam ser analisados:

  • Se baseie nos dispositivos que os alunos possuem e adapte o projeto para os mais variados modelos;
  • Sempre busque simplificar os aplicativos e fazer com que eles sejam fáceis de usar;
  • Realize testes e veja se o aluno conseguiria completar os objetivos do treinamento, afinal, a tecnologia não pode ser um obstáculo, mas sim um auxílio.

3º passo: Venda, execute e avalie

Com o projeto desenvolvido em mãos, é hora de lançá-lo e fazer de tudo para que ele seja um sucesso. Invista na comunicação interna e certifique-se de que toda a empresa está sabendo da grande novidade. Nesta etapa, é possível fazer um evento de lançamento para mostrar todos os benefícios do aplicativo. 

Mas lembre-se: acompanhe e avalie sempre se os resultados serão os esperados pela organização. Antes que o projeto tome uma proporção maior, monitore as dificuldades, o que precisa ser melhorado e dê o suporte necessário a todos os colaboradores.

My Learning: aprenda onde você estiver

O My Learning é o aplicativo de mobile learning da CrossKnowledge, que otimiza a aprendizagem nas organizações por meio da colaboração e do compartilhamento. Desenvolvemos um aplicativo de ponta, que vai elevar os seus treinamentos a outro patamar:

  • Ofereça uma experiência de aprendizagem completa e colaborativa, online e offline;
  • Sincronize o progresso entre múltiplos dispositivos, garantindo que você continue de onde parou;
  • Estimule o engajamento do aluno por meio de formatos diversificados e ferramentas de aprendizagem social.

Saiba mais