Local vs global: aperfeiçoando o equilíbrio de T&D

Dicas de T&D

Local vs global: aperfeiçoando o equilíbrio de T&D

Artigo
Local vs global: aperfeiçoando o equilíbrio de T&D

É comum que algumas organizações internacionais recorram a práticas e estratégias de T&D testadas em todo o mundo. Da mesma forma, as empresas podem ignorar as tendências globais em seu programa de T&D. No entanto, não fazer o equilíbrio das duas, no mercado competitivo e globalizado de hoje, pode trazer impactos negativos para a sua organização.

Quando se trata de aprendizado corporativo, encontrar esse equilíbrio pode ser um processo difícil. Ambas têm vantagens, mas a combinação aparece como a forma mais eficaz.

Com base no exemplo do cliente da CrossKnowledge DP WORLD, este artigo analisa como equilibrar a estratégia de T&D local e global, além de como manter-se alinhado à estratégia de negócios e às tendências de mercado.

Explorando os benefícios

Existem algumas vantagens e desvantagens nas estratégias de T&D globais e locais. Nossas conversas com os diretores de aprendizagem corporativos revelaram alguns dos seguintes prós e contras:

Global

Confiar apenas em uma abordagem global de treinamento oferece vários benefícios em termos de escalabilidade e consistência, economia de custos global, controle centralizado e fácil alinhamento com os valores e objetivos corporativos.

Também aumenta a facilidade de terceirização de fornecedores e garante uma qualidade consistente de conteúdo e tecnologia. No entanto, o treinamento global pode não atender às necessidades e desafios locais. Alguns treinamentos inevitavelmente precisarão ser personalizados para os mercados locais. Além disso, é mais difícil ter equipes locais de T&D aplicando uma estratégia se não fizerem parte dela.

Local

Confiar apenas em uma abordagem local também tem vantagens claras, incluindo a aplicação de um treinamento realmente local para atender a necessidades específicas, tempo reduzido de colocação no mercado de programas de aprendizado projetados internamente, feedback mais rápido e fácil dos usuários, flexibilidade de lidar com fornecedores locais e um contato mais próximo, ou seja, uma conexão mais pessoal entre T&D e toda a equipe.

Isso também significa maior autonomia da equipe local de T&D e uma maior probabilidade de adesão da gestão regional. Mas, a abordagem local também tem suas desvantagens. Treinamento totalmente local significa aumentar os custos e a probabilidade de resultados inconsistentes em diferentes regiões, que podem afetar negativamente a satisfação do cliente e prejudicar a reputação geral da organização.

Encontrando um equilíbrio

O segredo do sucesso é encontrar o equilíbrio entre a autonomia local e as necessidades globais de negócios. Este equilíbrio também deve estar em sintonia com a estrutura e a cultura da sua organização.

Embora possa ser difícil de encontrar, buscá-lo leva a experiências de aprendizado relevantes, além de contribuir para o engajamento dos colaboradores, independentemente da localização ou função.

Mas afinal, como você combina essas duas abordagens diferentes para alcançar um equilíbrio? A resposta é tornar o treinamento o mais global possível, mas o mais local necessário. Nossas melhores práticas sugerem dividir o T&D em três disciplinas separadas, que são projetadas e entregues individualmente. Para a tecnologia de aprendizagem, é mais eficaz escolher um fornecedor de tecnologia e distribuir essa tecnologia globalmente de cima para baixo.

Para competências mais personalizadas, é preciso projetar o treinamento globalmente, mas fornecê-lo em nível local e, se possível, no idioma local. Assim também deve ser para valores corporativos e iniciativas corporativas que exigem o máximo de consistência.

Programas específicos de trabalho ou região devem ser elaborados e entregues em nível local e, em seguida, enviados de volta para o global como “melhor prática” quando o programa for altamente eficaz.

Mas lembre-se: o mais importante é implantar uma liderança forte que garanta o alinhamento entre as equipes globais e locais de T&D!

DP WORLD: Combinando a aprendizagem global com o suporte presencial

A DP WORLD e a CrossKnowledge criaram uma solução de T&D que combinou a aprendizagem online global com a aprendizagem e o suporte local presencial. Essa estratégia flexível foi fundamental para treinar a equipe em seus turnos, ao mesmo tempo em que ajudou a evitar a necessidade de cobertura temporária de turnos com muitos gastos.

Tempo médio de treinamento: 62 horas por funcionário

Enfrentando os desafios de hoje

O equilíbrio entre o T&D global e local é exclusivo da sua organização, mas a solução geralmente está na redução de custos, consistência, adaptabilidade e adesão das partes interessadas locais. O sucesso também depende de uma consciência das tendências globais, tanto dentro como fora dos negócios.

Após a pandemia da Covid-19 e a mudança para o trabalho remoto e híbrido, as empresas mudaram o foco para ferramentas digitais, saúde e bem-estar. Isso significa que o trabalho precisa de upskilling e reskilling não apenas no uso da tecnologia, mas também de soft skills, que podem facilitar as novas formas de trabalho, como colaboração, empatia, resiliência e liderança digital.

Com o impacto da COVID- 19, provavelmente a demanda por treinamento on-line, eventos on-line e colaboração on-line só deve crescer. Para estar à frente no mercado, o T&D precisa progredir do modo transacional para o modo transformacional. Ela também precisa adotar soluções just-in-time para atender à demanda crescente de alunos.

No entanto, tal mudança exige comprometimento. Uma maneira de gerenciar o investimento em aprendizagem é capitalizar os extensos dados dos alunos de toda a organização. Isso não apenas impulsiona o ROI, mas também ajuda as equipes de T&D a criar experiências de aprendizado mais eficazes.

As empresas internacionais também podem criar economias com grande escalabilidade concentrando recursos no apoio regional e integrando treinamentos locais.

Isso envolve a colaboração global da equipe de T&D e suporte do TI para otimizar a tecnologia de aprendizado existente e garantir que o aprendizado tenha um alto nível de engajamento.

DP WORLD: Reduzindo custos

Após a introdução desta nova abordagem de aprendizagem, a DP WORLD viu uma redução no risco dos procedimentos. Também notaram uma melhora na qualidade do serviço devido à redução das taxas de erro dos colaboradores, bem como redução de custos.

Redução de custos: US$ 295 mil, mais US$ 61 mil adicionais em oportunidades de prevenção/receita de custos.

Dicas importantes ao projetar sua estratégia de aprendizado

Definir a tecnologia, desenvolvimento de competências, hierarquia de comunicação e parâmetros legais do seu programa depende de cada empresa, mas essa é a nossa recomendação:

  • Tecnologia de aprendizado: conte com um provedor de aprendizagem global para projetar e implantar uma plataforma de alta tecnologia, com uma combinação de experiências voltadas para o aluno e com conteúdo personalizado;
  • Crie uma estrutura de competências: crie uma estrutura para ajudar os profissionais de T&D a identificarem e responderem às necessidades de desenvolvimento de competências em toda a empresa, evitando futuros gaps;
  • Olhe para a personalização: implemente uma solução de aprendizagem digital.

A CrossKnowledge pode te ajudar a criar e implementar a estratégia que combina o Local e o Global. Você irá contar com a ajuda da nossa equipe de especialistas, consultores e pesquisadores da área de pedagogia (digital) na CrossKnowledge Academy.

Nossa equipe se dedica para desenvolver novas competências de T&D e fornecer novas soluções de aprendizado de alto impacto, que impulsionam a aquisição de competências e aprimoram a performance de toda a equipe.

Conheça as soluções de aprendizagem digital da CrossKnowledge!

Saiba mais